Versão digital da Carteira de Trabalho passa a valer nesta semana

Com a mudança, contratações podem ser feitas a partir do número do CPF, sem a obrigatoriedade de apresentar a versão física do documento

Reclame AQUI

Uma velha conhecida dos brasileiros está mais moderna: a Carteira de Trabalho ganhou uma versão digital, tornando mais fácil o acesso aos registros da vida profissional. Agora, o documento está disponível para os cidadãos em aplicativo para celular nas versões iOS, Android e web. A versão digital passou a valer esta semana, mas ainda é prudente guardar a sua em papel.

Informando o CPF será possível iniciar uma contratação

Com as mudanças, a CTPS de papel que costumamos usar não é mais necessária para a contratação na grande maioria dos casos. Ao ser contratado, o novo colaborador não precisará mais apresentar a carteira física. Com o número do CPF informado ao empregador, o registro será realizado diretamente de forma digital. E sem a necessidade de apresentar a carteira de trabalho, o processo fica mais simplificação e sem burocracia.

Para o empregador, as informações prestadas no eSocial substituem as anotações antes realizadas no documento físico. Mas Carteira de Trabalho tradicional (aquela em formato de caderneta), continua sendo um documento para comprovar seu tempo de trabalho anterior.

E mesmo com a Carteira de Trabalho digital podendo mostrar contratos de trabalho antigos (dos anos oitenta, por exemplo), é importante nesses casos conservar o documento original.

 

Quais as mudanças?

A mudança mais significativa é que daqui para frente, para todos os contratos de trabalho (novos ou já existentes), todas as anotações (férias, salário, etc) serão feitas apenas eletronicamente. Entretanto, o trabalhador poderá acompanhá-las de qualquer lugar acessando o aplicativo ou pela internet. Tudo o que está no documento impresso, passa a estar, também, no aplicativo.

O aplicativo da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) existe desde 2017, mas o ele não substituía o documento físico. A versão mobile vai permitir ao trabalhador acessá-la de onde estiver e sempre necessário sem o risco de perda do documento.

Se você ainda tem dúvidas sobre a Carteira de Trabalho digital, clique aqui! 

Fonte: Ministério da Economia/Metro Jornal/TecMundo

Leia também: Estão em vigor novas regras para emitir a Carteira Nacional de Habilitação

Faça um comentário