Uber ganha novas funcionalidades para a segurança de seus usuários

Usuário poderá entrar em contato com a polícia através do aplicativo

Reprodução

Nesta última quinta-feira (26), novas funcionalidades do aplicativo da Uber foram disponibilizadas para os usuários obterem mais segurança em suas viagens. De acordo com a plataforma, um símbolo de um escudo vai aparecer disponível sobre o mapa da viagem e ao tocá-lo, será possível acessar as novas funções.

No tópico Contatos de Confiança é possível salvar até cinco contatos de amigos e familiares para compartilhar, com um clique, os trajetos das viagens realizadas. O usuário pode escolher compartilhar todas as viagens ou apenas aquelas realizadas no período da noite. "Esta função já existia no aplicativo, mas sua inclusão nesta nova ferramenta visa facilitar o seu uso pelos usuários", informa a empresa.

Outra opção é a de Ligar Para a Polícia, o usuário realizar uma chamada para a Polícia Militar em casos de emergência ou situações de risco. De acordo com a empresa, ao pressionar este botão, o usuário será informado de sua localização atual e informações do veículo em viagem para que possa compartilhar com as autoridades locais que operam pelo número 190.

A terceira funcionalidade deixa disponível as informações mais importantes sobre a funcionalidade de segurança oferecidas pelo aplicativo e conta com atendimento ao usuário 24 horas por dia, 7 dias por semana. A Central de Segurança possibilita, entre outros tópicos, a checagem de antecedentes criminais de motoristas parceiros e o acesso ao Código de Conduta da Comunidade Uber.

A ferramenta estará disponível para todos os usuários brasileiros até 2 de agosto. Inicialmente, as ferramentas estarão disponíveis apenas para os usuários, mas a empresa informou que, nos próximos meses, será lançado um recurso similar voltado aos motoristas.

Para ter acesso a nova funcionalidade o usuário precisar fazer a atualização do programa para sua versão mais recente.

Já viu? Facebook e Instagram vão banir contas de usuários menores de 13 anos

Fonte: G1/Destak

Faça um comentário