TVs por assinatura geram mais de 235 mil reclamações em 2018

Cobrança indevida, dificuldade no cancelamento e problemas com sinal são os principais problemas da categoria

Reclame AQUI

Antes mesmo do desligamento do sinal analógico acontecer, as operadoras de TV por assinatura já geravam diversas reclamações. Cobrança indevida, dificuldade no cancelamento, problemas com sinal e instalação são problemas comuns relatados todos os dias por consumidores que se encontram insatisfeitos com os serviços prestados.

Em 2018, as empresas mais reclamadas da categoria geraram mais de 235 mil reclamações no Reclame AQUI. “Sou cliente antigo desta empresa e sempre tive problemas quando foi necessário acionar algum serviço deles”, registra um consumidor de São Paulo para a NET.

Reclamações e reputação das empresas caíram

Segundo um levantamento feito pelo Reclame AQUI Notícias, em comparação a 2017, que gerou mais de 284,1 mil queixas, as reclamações diminuíram em 16,9% de um ano para o outro.

Algumas reputações também caíram. A Sky, por exemplo, em 2017, era “Regular” com um índice de solução de 67,6%. Já em 2018, sua reputação caiu para “Não recomendada” e passou a ter 36,4% de casos resolvidos no Reclame AQUI.

O mesmo aconteceu com a empresa SIM – TV por assinatura e Internet, que em 2017 tinha a reputação “Ruim” e em 2018, mesmo caindo de posição no ranking das mais reclamadas da categoria, passou para “Não recomendada”.

Posicionamento das operadoras

O Reclame AQUI Notícias tentou entrar em contato com as empresas citas, mas nenhuma delas se manifestou até o fechamento da matéria.

Já leu? Marketplaces melhoram atendimento e reputação no Reclame AQUI

Leia tudo sobre

Atendimento Feed TV a cabo

Faça um comentário