Top 10 celulares: mais vendidos, mais reclamados e os que melhor atendem

Arte de Aline Pasquali/Reclame AQUI
Todos os dias, o Reclame AQUI recebe queixas de clientes das principais marcas de aparelhos celulares. Problemas nas telas, bateria ruim ou atendimentos das lojas são algumas da reclamações feitas pelos consumidores. Nesta semana, listamos 10 modelos mais populares, com destaques em venda e ordenamos por volume de reclamações. No total, 28.754 queixas foram formalizadas contra os telefones móveis nos últimos 12 meses.
 
Com 11.757 reclamações, o Moto G, da Motorola, aparece em destaque do ranking. De acordo com a avaliação dos consumidores no Reclame AQUI, a Motorola do Brasil é considerada uma empresa "Regular", com 63,3% de todos os casos solucionados, incluindo as queixas contra o Moto G.
 
Está com problemas em seu celular? Reclame AQUI!
 
A seguir, o Galaxy S4, da Samsung, aparece com 4.468 reclamações. A marca conseguiu solucionar 50,7 dos problemas de seus consumidores e, por isso, é considerada uma empresa "Ruim" em atendimento ao cliente.
 
A Motorola aparece de novo com o modelo Moto X, que gerou 2.967 reclamações no período. Outros aparelhos da Samsung que aparecem no Top 10 são o Galaxy SIII (2.226 reclamações), Galaxy Y Duos (846) e Galaxy Gran Duos (821). A Apple também aparece com os modelos iPhone 5S (1.845) e iPhone 5 (1.724). A empresa norte-americana não responde aos consumidores do Reclame AQUI e, por isso, é considerada "Não Recomendada" no relacionamento com seus fiéis clientes. 
 
A Sony Mobile também aparece no ranking. A empresa, que tem índice de solução de 39,3% e é considerada "Não Recomendada", sofreu 1.275 reclamações com o modelo XPeria Z1. Já a LG teve 825 reclamações contra o G2. A marca tem reputação "Regular", com 60,8% de casos solucionados.
 

Critérios de avaliação

O Reclame AQUI realiza diversos levantamentos periódicos, com objetivo de oferecer ao consumidor as melhores opções de empresas em atendimento. Por isso, os rankings colocam as marcas por ordem de volume de reclamação que, muitas vezes, coincide com o volume de vendas das companhias. No caso do ranking dos celulares, foram considerados os perfis dos últimos 12 meses (de 1º de outubro de 2013 a 30 de setembro de 2014).
 
O presidente do Reclame AQUI, Maurício Vargas, lembra que o que é avaliado é o atendimento ao consumidor. "As empresas vão ter problemas, principalmente as que lideram os seus setores, mas estamos preocupados em como essas marcas atendem seus clientes e, principalmente, como elas fazem para ajudar os consumidores a solucionar os problemas com uma compra", completa Vargas.
 
 
Veja também:

Leia tudo sobre

Atendimento Ranking Telefonia

Faça um comentário