Smartphones lideram produtos mais reclamados na pré-Black Friday

Reclamações ultrapassam 1.600 até as 20h da véspera do evento

ReclameAQUI

A poucas horas do início oficial da Black Friday 2018, consumidores já registraram queixas sobre o evento de descontos. Das 11h de quarta-feira, dia 21, até as 20h desta quinta-feira, dia 22, foram 1.663 reclamações sobre Black Friday no Reclame AQUI.

A ordem dos produtos que mais geraram reclamações mudou em relação ao último balanço, que se valeu de dados levantados até o meio-dia de hoje (22). Os smartphones e celulares agora lideram as reclamações, com 11,7%, seguido de TV (10,3%), tênis (6,3%), cartões de crédito (14,2%) e planos pós-pago (3,6%).

Ainda em relação ao mesmo período, o principal motivo das queixas é a propaganda enganosa, com 13,6%. Depois, vem divergência de valores, com 6,8% e problemas na finalização da compra, com 6,3%.

Felipe Paniago, Diretor de Operações do Reclame AQUI, avalia que o consumidor está mais atento e exigente a cada edição da Black Friday. “Os smartphones são produtos bastante procurados no evento, por serem itens mais caros, e o consumidor espera encontrar boas ofertas. Se ele se depara com maquiagem de preço ou problemas no site, não vai pensar duas vezes antes de reclamar”, explica.

Veja: Empresa Susin está no radar de sites suspeitos do Reclame AQUI

Leia tudo sobre

Black Friday

Faça um comentário