Senado pede abertura de CPI para investigar ações da Anatel

Pedido de abertura do processo já foi protocolado e deve ser lido na próxima semana

Reprodução

Mais um passo na disputa contra a franquia de internet fixa limitada foi dado a favor dos consumidores. O senador Hélio José (PMDB-DF), ao lado de 45 senadores, quer criar uma CPI para investigar a atuação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em relação aos últimos acontecimentos, que haviam sido indicadas por algumas operadoras. 

O pedido de abertura da investigação foi protocolado na última quarta-feira, dia 27. A proposta será lida na mesa do Senado na próxima semana. 

"Não poderíamos ficar quietos nem calados perante a tamanha irresponsabilidade. A medida forçaria milhões de usuários a aderir a franquias mais caras em um momento de grave desemprego e arrocho salarial", revelou o senador.

Batalha continua

A Anatel se colocou em posição contrária aos usuários enquanto a polêmica do corte de internet estava sendo discutida. A agência até chegou a proibir, por tempo indeterminado, que as operadoras de telefonia reduzam a velocidade da internet banda larga fixa de seus clientes. Porém, todo o caso influenciou uma revolta nos usuários de internet.

Um deles é o Reclamaço, evento criado pelo Reclame AQUI que pretende levar as reclamações dos usuários ao Ministério Público. Isso mesmo! Todas as queixas feitas contra o limite da franquia de internet fixa serão catalogadas e reunidas para abertura de uma ação cívil. Se ainda não fez sua, clique aqui e faça parte!

Fontes: TecMundo/Exame

Faça um comentário