Sabesp anuncia reajuste de 3,5% a partir de junho

Consumidor pagará R$ 25 pelo consumo mensal de até 10m³/mês

Divulgação/Sabesp

Os consumidores que dependem dos serviços da Sabesp começarão a sentir a alta no preço do serviço a partir do dia 10 de junho. Isto porque a empresa anunciou, na última quinta-feira, dia 10, que vai reajustar suas tarifas de água e esgoto em 3,5%.

A medida, que passa a vigorar no próximo mês, afetará 24,3 milhões de moradores do estado de São Paulo. O reajuste foi autorizado pela Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp).

Com as novas tarifas, o consumidor pagará R$ 25 pelo consumo mensal de até 10m³/mês, que antes era de R$ 24,15. Já os moradores mais carentes, que têm o valor da tarifa reduzida, com o reajuste, passam a pagar R$ 8,48 pelo consumo de até 10m³/mês — antes, pagavam R$ 8,19.

Para o comércio e indústria, o valor vai para R$ 50,20. Sem o reajuste, o setor pagava R$ 48,50 por consumo de até 10m³/mês.

Justificativas

Segundo a Arsesp, a determinação da nova tarifa considerou dados históricos, projeções de investimentos, mercado (consumo de água e coleta e tratamento de esgoto), custos operacionais e o Plano de Negócios da Sabesp ao longo da etapa de análise (2017 – 2020).

Na página da Sabesp no ReclameAQUI as queixas mais frequentes são sobre a demora na execução e qualidade do serviço, valor abusivo e mau atendimento.

Teve problemas com a empresa? ReclameAQUI!

Fonte: Veja

Leia tudo sobre

Água Economia Sabesp São Paulo

Faça um comentário