Redes de fast food são atingidas pela greve e sofrem desabastecimento

Clientes reclamam do McDonald’s, Burger King e Bob’s por falta de lanches nas lojas

Divulgação

Os prejuízos diante a paralisação dos caminhoneiros afetaram não somente os postos de gasolina e os aeroportos, como o desabastecimento de todo o setor alimentício. Diante da situação, as grandes redes de fast food também sofreram um impacto negativo e quem mais sentiu foi o consumidor. 

No ReclameAQUI, diversos clientes das principais redes relataram encontrar dificuldades ao comprar o lanche desejado. Veja o que o McDonald's, o Burger King e o Bob's disseram sobre os casos:

McDonald’s

Uma consumidora do Rio de Janeiro disse que, ao chegar em uma loja do McDonald’s, foi informada de que diversos produtos estavam em falta, inclusive a batata, devido à greve dos caminhoneiros. “No caixa, a atendente me informou que haviam duas possibilidades de lanche apenas, o McCheddar e um outro que não me lembro. Pedi o Cheddar, mas quando cheguei em casa, olhei a notinha, ela havia cobrado a batata. Como eles te informam que não há disponibilidade de um produto e te cobram por ele? Estou indignada com isso!”, relata a cliente.

Outro consumidor, que também efetuou uma compra no McDonald’s, relata que o hambúrguer comprado pelo drive thru não era original. "Ao chegar em casa notei que utilizaram hambúrgueres congelados. Se quisesse comer carne congelada genérica teria economizado. Falta de ingrediente não é desculpa para empurrar outros produtos para os clientes. Sejam honestos!”, registrou o cliente no ReclameAQUI.

Em nota, o McDonald’s esclarece que:

“A paralisação dos caminhoneiros está provocando um desabastecimento no comércio em geral, incluindo todo o setor de alimentação. Estamos acompanhando a situação de perto e fazendo o possível para manter a operação normalizada. No entanto, é provável que faltem alguns produtos do cardápio em alguns restaurantes da rede”.

Burger King

Situações semelhantes também aconteceram na rede Burger King. “Eram 3 Big Kings, onde os três vieram sem alface. Em meio a greve que estamos até entendo que possa faltar algo no lanche. Então se falta devemos ser informados da falta do ingrediente!”, relatou um consumidor de São Paulo. 

Em esclarecimento, o Burger King diz que:

“O protesto dos caminhoneiros em todo Brasil tem impactado o abastecimento de insumos em inúmeras redes de alimentação. No Burger King, a venda de alguns de seus produtos está suspensa temporariamente até que a situação se normalize”.

Bob’s

A rede Bob’s também foi afetada pela greve e uma consumidora de Niterói (RJ) explicou no ReclameAQUI que foi previamente avisada da falta de ingredientes nos lanches, mas afirma que a qualidade dos produtos caiu. “Pensei que o molho viria numa quantidade maior para compensar, ou então, na quantidade normal. Ninguém me avisou que eu comeria apenas pão e hambúrguer, com praticamente nenhum molho”.

Sobre a falta de pruduto diante da greve, o Bob’s explicou que:

"A greve afetou o abastecimento de alguns produtos das nossas lojas no Brasil, o que nos levou a suspender temporariamente as promoções de Bob´s Fã. Assim que a situação da greve for regularizada, voltaremos com as promoções".

Confira tudo sobre a greve no Especial ReclameAQUI Greve dos Caminhoneiros!

Leia: Greve reflete em mais de 1 mil manifestações no ReclameAQUI

Faça um comentário