Reclame AQUI celebra 20 anos de história conectando empresas e consumidores

Empresa é protagonista da maior revolução que o consumidor brasileiro pode ter vivido nos últimos 200 anos

Reclame AQUI

Em 2020, o Reclame AQUI, a maior plataforma de reputação de marcas e relações de consumo do mundo, completa 20 anos de história. Seu maior legado é a mudança na forma como consumidores e empresas passaram a se relacionar: de maneira transparente, rápida e direta. Foi com o desenvolvimento dessa proposta disruptiva que o Reclame AQUI mostrou ao mercado que reclamar funciona mesmo.

Parece inconcebível, mas há 20 anos os consumidores resolviam seus problemas com as empresas e marcas basicamente com uma ligação para um 0800 ou tentavam uma solução na loja onde compravam o produto. Você lembra como reclamava duas décadas atrás? Com a reclamação registrada, e resolvida ou não, ela ficava apenas entre o consumidor e a empresa.

Com a chegada do Reclame AQUI, e também o maior alcance da internet, os consumidores ganharam um site onde passaram a reclamar de maneira pública, o que possibilitou a mais consumidores e à empresa reclamada ver o problema, e entrar no site e resolver. Do boca-a-boca à reclamação online, muita coisa mudou, principalmente as decisões de compra, que estão mais fáceis, já que o Reclame AQUI possibilita que as experiências dos clientes com as marcas sejam consultadas.

Reclame AQUI colocou mercado em constante adaptação

A ferramenta pioneira do Reclame AQUI mexeu com o mercado de atendimento também. Com mais voz, os consumidores se tornaram produtores de conteúdo e mais empoderados contando suas histórias. Já as empresas, se viram numa tendência diferente para lidar com as questões de seus clientes. Por consequência, as equipes de atendimento foram reestruturadas e vivem até hoje em constante adaptação ao mercado.

Este é um processo que teve início e não para de caminhar para algo cada vez mais sofisticado. O Reclame AQUI se consolidou em uma grande e poderosa fonte de dados, pesquisa e relacionamento entre marcas e consumidores, que encontraram no site uma “comunidade” com força de protagonista de importantes mudanças de mercado.

“Tenho muito orgulho de sermos protagonistas da maior revolução que o consumidor brasileiro pode ter vivido nos últimos 200 anos. Começamos como um muro de lamentações e nos tornamos a maior plataforma do mundo em resoluções de problemas. Só nos últimos 3 anos, mais de 26 milhões de casos foram resolvidos. Hoje, somos referência em pesquisa e reputação de marcas, além de ser uma empresa de inteligência de dados capaz de nortear a tomada de decisões de empresas gigantes no Brasil”, define o CEO Global do Reclame AQUI, Mauricio Vargas.

Foco na experiência do consumidor

Antes mesmo de o mundo falar em negócios disruptivos surgia o Reclame AQUI. O modelo lançado pela empresa propôs menos burocracia para reclamar, dando voz aos consumidores e oportunidades a empresas de serem mais eficientes com quem mais interessa: seus clientes.

“As empresas passaram a entender o quanto as reclamações são importantes para o crescimento delas. E mais do que isso: a forma com que resolvem suas questões é que são decisivas para a fidelização de um consumidor e a construção de confiança dele na marca. As empresas precisam solucionar, e, acima de tudo, proporcionar uma excelente experiência para seu consumidor. É aí que está seu diferencial. E o Reclame AQUI ajuda a transformar isso também”, explica Vargas.

Como nasceu o Reclame AQUI

Em 2001, Maurício Vargas teve um problema com uma companhia aérea e perdeu um importante negócio. Como não encontrou um canal para expor sua insatisfação e alertar outros consumidores, teve a ideia de criar o Reclame AQUI. Para ter um canal que, de fato, reclamar funcionasse mesmo.

A empresa nasceu em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, e começou com de reclamações dos familiares e amigos em um pequeno escritório. Em 20 anos, cresceu para 19 milhões o número de consumidores e 240 mil empresas cadastrados. Além disso, são 21 milhões de acessos por mês no site e, em média, 1 milhão de reclamações feitas no Reclame AQUI por mês.

Leia tudo sobre

Feed

Faça um comentário