Reclamações sobre aumento de combustível no mês já superam maio do ano passado

Até última quarta-feira, 23, foram 152 queixas contra os principais postos do país

Marcelo Casal/Agência Brasil
Pesquisa Reclame AQUI identificou aumento nas reclamações sobre aumento no preço dos combustíveis. Só no mês de maio deste ano, até o dia 23, foram registradas 152 manifestações contra as seis empresas com mais volumes de queixas no site. Em todo mês de maio do ano anterior, os postos analisados receberam 134 reclamações. 
 
Para chegar nos valores, o Reclame AQUI considerou termos como "valor", "preço", "mais caro", "mais cara", "encarecer", "encareceu", "muito caro" e "muito cara" e analisou as empresas com maiores volumes de reclamações, são elas ALE combustíveis, Ipiranga Postos, Petrobrás Distribuidora, Postos Shell, Rede Marcela de Postos e Sim Rede de Postos.

Janeiro a abril

No período de janeiro a abril, também houve aumento nas queixas sobre aumento de combustíveis. Em 2018, foram 653 reclamações, um aumento de 46% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registradas 446.

Faça um comentário