Reclamações no Dia das Crianças triplicam em relação a demais dias de outubro

Em dias normais, média registrada pelos consumidores no Reclame AQUI é de 21 queixas para os fabricantes de brinquedos contra 70 apenas no dia 12

Reclame AQUI

Passado o fim de semana do Dia das Crianças, o Reclame AQUI fez um levantamento do volume e do tipo de reclamações registradas pelos consumidores no site. Em relação a dias “normais” do mês de outubro, no sábado (12), as queixas voltadas para os fabricantes de brinquedos triplicaram, subiram de 21 para 70.

O setor de fabricantes de brinquedos e o aumento de reclamações, além dos motivos, apareceram nos Trend Topics do Reclame AQUI no último domingo (13). E entre os problemas relatados pelos consumidores estão a falta de peças, a baixa qualidade dos brinquedos e o não funcionamento deles, além de defeitos, a ausência de manual de instruções e o não recebimento do produto.

De 2018 para 2019, aumento nas reclamações é de 27,1%

De maneira geral, o Reclame AQUI identificou aumento no número de reclamações relacionadas a fabricantes de brinquedos. No período de 1º de janeiro de 2018 a 13 de outubro de 2018, foram registradas 5.023 reclamações. No mesmo período em 2019, 6.386, um aumento de 27,1%.

Em 2018, os meses com maior volume de reclamações foram janeiro, com 1056 queixas, e dezembro, com 1485. E em 2019, janeiro começou com 14,7% mais reclamações do que janeiro de 2018, foram 1.212.

Leia também: Dia das Crianças: o que a data significa para o consumidor brasileiro

Faça um comentário