Reclamação mais antiga do mundo tem cerca de 3,8 mil anos

Tábua de argila com inscrições que protestam contra um serviço de má qualidade está exposto em Londres

The Trustees Of The British Museum

Todos os dias reclamamos de algo, principalmente se passamos por alguma situação de cobrança indevida, atraso na entrega de um produto esperado há tempo e até mesmo, por recebermos ligações excessivas de telemarketing. Mas com certeza, a sua queixa não foi a primeira do mundo e nem mesmo a primeira do Reclame AQUI.

Em 2001, Maurício Vargas teve um problema com uma companhia aérea e perdeu um importante negócio. Ao tentar fazer uma reclamação sobre o ocorrido, não encontrou um canal para expor sua insatisfação e alertar outros consumidores, com isso, teve a ideia de criar o Reclame AQUI. A empresa começou com reclamações de seus familiares e amigos.

Mas nenhum dos familiares e amigos de Maurício foram os primeiros a registrarem uma queixa no mundo. Estima-se que há cerca de 3,8 mil anos, na cidade de Ur, na Mesopotâmia, uma tábua de argila com inscrições que protestam contra um serviço de má qualidade pode ser a primeira evidência de reclamação do mundo e está exposto no Museu Britânico, em Londres.

Pesquisadores indicam que a tábua era da antiga Babilônia e foi enviada por um cliente chamado Nanni a um comerciante de nome Ea-nasir. Aparentemente, o rapaz se queixou porque o tipo errado de minério de cobre foi entregue. Um usuário da rede Reddit publicou a tradução dos dizeres.

Já leu? 5 maneiras de fazer uma reclamação quando você está sem paciência

Fonte: Galileu

Leia tudo sobre

Feed

Faça um comentário