Quer aproveitar bem a Black Friday 2019? Então aprenda com as edições anteriores!

Confira um histórico de volume e motivos de reclamações da Black Friday desde que a grande promoção começou no Brasil

Reclame AQUI

Se você está se programando para comprar na Black Friday 2019, este material é para você. Para não cair em armadilhas e evitar perder dinheiro, o Reclame AQUI traz um compilado das principais reclamações dos consumidores entre as edições passadas para você se prevenir.

A queixa mais comum dos consumidores é propaganda enganosa, por isso, a principal dica é sempre pesquisar e comparar preços. Em 2019, a data será dia 29 de novembro, na última sexta-feira do mês. Pronto para a maratona?

Black Friday completa 9 edições no Brasil

Este ano, a grande promoção do varejo completa nove edições no Brasil, mas foi no ano passado que ganhou um formato bem verde e amarelo. Ou seja, os brasileiros deram um jeito de a Black Friday dar certo por aqui e aos poucos tem deixado de ser uma “Black Fraude”. “O brasileiro já entendeu a dinâmica da Black Friday depois de algumas edições decepcionantes. Quem quer comprar pesquisa mais, arrisca menos e consegue aproveitar as ofertas”, analisa o diretor de operações do Reclame AQUI, Felipe Paniago.

A Black Friday “estreou” oficialmente no Brasil em 2011. E o Reclame AQUI acompanha a promoção e monitora dados e o comportamento do consumidor desde 2012. De lá pra cá, a promoção teve altos e baixos. Começou com 8 mil reclamações em 2012, saltou para 12 mil em 2014, a desconfiança dos consumidores fez recuar em 2015, quando o Reclame AQUI registou 4,4 mil reclamações, caiu ainda mais em 2016, registrando 2,9 mil queixas, e reagiu em 2018, com 5,6 mil reclamações.

Propaganda enganosa e divergência de valores prevalecem entre as reclamações

Essa montanha russa no volume de reclamações é resultado de consumidores que foram aprendendo a comprar na data especial, ficaram mais “calejados” e que passaram a denunciar mais, não se submetendo a práticas abusivas durante a promoção.

Apesar de propaganda enganosa e divergência de valores prevalecerem entre as reclamações ao longo das edições, não significa que os consumidores não enfrentam mais problemas na hora de finalizar uma compra ou não se dão mal ao comprar de site falso.

Para ter sucesso nas compras este ano, pesquise desde já, desconfie de grandes descontos, cuidado com ofertas por e-mail, busque informações dos sites que pretende comprar. No Reclame AQUI você consegue buscar as experiências de compras de outros consumidores com a marca que você tem em vista.

Aprenda com as edições anteriores e confira o histórico da Black Friday no Brasil de 2012 a 2018!

Leia tudo sobre

Black Friday Comportamento Feed

Faça um comentário