Queixas sobre bitcoins aumentam 2.000% no ReclameAQUI

Com a desvalorização da moeda em dezembro, volume de reclamações chegou ao topo

ulchik74

O volume de reclamações sobre bitcoins no ReclameAQUI cresce à medida que a moeda virtual se populariza e atrai investidores brasileiros. Em 2017, o número disparou e chegou a 7.229. O aumento foi de 2.200% comparado ao ano anterior, que teve 304 queixas contabilizadas.

De janeiro a novembro do ano passado, os tipos de reclamações mais comuns foram sobre problemas técnicos e aqueles mais básicos, como depósito, saque ou transferência. Já em dezembro, quando a criptomoeda sofreu forte desvalorização, as queixas dispararam e o investidor passou a reclamar da demora na realização de transações ou na aprovação de cadastros.

“De acordo com a pesquisa, em momentos de crise, a insegurança aparece mais forte no consumidor. Neste momento, a falta de regulação na operação de compra e venda gera um risco, isto é, se tivermos outro solavanco, as reclamações vão aumentar”, argumenta Edu Neves, CEO do ReclameAQUI.

Perfil do investidor reclamante

Em relação aos últimos 12 meses, as empresas mais reclamadas no site foram Mercado Bitcoin, Foxbit, Bitcoin To You, EmpireOption e BitcoinTrade. A partir da perspectiva de 920 investidores reclamantes que responderam a uma pesquisa enviada pelo ReclameAQUI, foi possível traçar um perfil. Veja:

  • 90% são homens;
  • 40% têm entre 30 e 39 anos;
  • 32,7% possuem renda de 4 a 10 salários mínimos;
  • 40% também investe em poupança;
  • 25,9% economizam 10% da renda;
  • 43,23% investiram pela primeira vez até R$ 500;
  • 34,5% tinham como primeiro objetivo conhecer o produto na primeira compra;
  • 76,45% começaram a investir em bitcoin em 2017.

Entre os consumidores que fizeram queixas, 23,67% estão muito satisfeitos com o bitcoin, com todas as expectativas atendidas, enquanto 30,6% se dizem satisfeitos, parcialmente atendidos. "A longo prazo, é um tipo de 'ativo' que tem alto rendimento. Enquanto está na conta de investimento, está tudo bem. Quando o investidor quer converter a criptomoeda em moeda real, começam os problemas", afirma Neves.

Teve algum problema com bitcoins? ReclameAQUI!

Leia tudo sobre

Bitcoins Economia Feed Pesquisa

Faça um comentário