Prefeito do Rio acredita que há exagero sobre zika em relação às Olimpíadas

Eduardo Paes afirmou que o vírus não é um problema específico da cidade

Divulgação

Dois assuntos que terão bastante atenção neste ano no Brasil são os Jogos Olímpicos e o vírus zika. Diante de algumas especulações na relação entre os dois com a vinda de turistas e atletas, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, nesta sexta-feira, dia 12, enquanto apresentou as obras de adequação do Parque Aquático Maria Lenk, afirmou que existe exagero ao dizer que o zika é um problema específico da cidade.

O prefeito afirmou que a gripe faz mais vítimas que o vírus, e que o período dos jogos - julho e agosto - não é favorável para a procriação do mosquito transmissor da zika, dengue e chikungunya.

"Temos que tratar do problema, mas não podemos transformar em um tema olímpico. Não é um tema olímpico. Isso é um tema nosso, de nós brasileiros e da cidade do Rio de Janeiro", disse Paes.

Comparação com o carnaval

O prefeito citou a vinda de turistas para o carnaval e disse que, mesmo com a cidade cheia, não houve relatos de turistas contraindo zika. "Acho que ela assusta um pouco mais pelo desconhecimento que se tem em relação a ela", completou.

"Cabe a gente tomar as precauções devidas, mostrar que a gente está fazendo de tudo para evitar o perigo de qualquer atleta ou visitante que venha ao Rio tenha esse problema com o vírus da zika”, relatou. “Eu não estou querendo minimizar, eu acho que a gente tem que lidar com o problema, mas acho que há um certo exagero no momento", disse Paes.

Fonte: G1

Faça um comentário