Novo golpe circula pelo WhatsApp usando o saque do FGTS como atrativo

Usuários recebem um link para compartilhar informações pessoais com a promessa de saque imediato do benefício

Pixabay

Com o anúncio da liberação do saque do FGTS na última semana pelo Governo Federal, um novo golpe passou a ser difundido no WhatsApp. Os usuários são induzidos a clicar em um link que promete o saque rápido do dinheiro e consulta do saldo, além de serem incentivados a responder perguntas sobre sua conta, dados pessoais e a compartilhar o mesmo link sob a condição de conseguirem fazer o saque.

Entretanto, não é possível fazer o saque ainda. A Caixa Econômica Federal vai divulgar o calendário de saques no próximo dia 5 de agosto. Portanto, é preciso ficar esperto.

Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, Emílio Simoni, diretor da Dfndr Lab, empresa especializada em segurança virtual, desde a última quinta-feira, dia 26 de julho, pelo menos 100 mil pessoas receberam, acessaram ou compartilharam esse link. “O usuário ainda é direcionado a uma página onde deve cadastrar seu nome e número de celular para serviços de SMS pagos. Ao fornecerem essas informações, as vítimas entram para uma base de dados acessadas pelos golpistas. Além de eles lucrarem com essa base de dados, eles difundem para futuros golpes mais complexos, como acesso a dados bancários”, explica Simoni.

Como não cair no golpe

Uma das formas de se prevenir contra golpes é o consumidor estar sempre atento ao que é fake news, pesquisar informações em sites oficiais, ter instalado em seu celular programas antivírus e, principalmente, desconfiar de links que chegam via redes sociais.

Ainda sobre o saque do FGTS: para consultar o saldo na Caixa, o cidadão pode acessar o site ou o aplicativo, ir a uma agência ou usar a conta via internet banking.

Fonte: Uol/Folha de São Paulo

Leia também: Aplicativo que envelhece o rosto ameaça sua privacidade?

Faça um comentário