Netflix fala em liberar download de filmes e séries aos usuários

Diretor de conteúdo da empresa entende que nossa velocidade de internet não é das melhores

Reprodução

Dá aquele aperto no coração quando sua internet não está muito boa para assistir Netflix? Ou até mesmo fica com dó de gastar todo o pacote de dados para ver aquele seriado? Pode ser que essa angústia acabe! A Netflix está levando cada vez mais a sério a possibilidade de oferecer seu conteúdo para download aos usuários.

O diretor de conteúdo da empresa, Ted Sarandos, deu uma entrevista à CNBC na qual falou abertamente que a companhia, que um dia rejeitou totalmente a ideia de oferecer a opção de download, está repensando o caso.

A justificativa se deve à grande expansão recente da Netflix, que chegou a 200 países e abandonou a “bolha” dos países mais ricos, onde a internet móvel é rápida e confiável. Agora a companhia está presente em lugares onde fazer o download prévio de um vídeo antes de sair de casa é a única forma de assisti-lo no transporte público, como é o caso do Brasil.

“Agora que estamos em mais territórios, eles têm diferentes níveis de velocidades de banda larga e acesso Wi-Fi. Então, nestes países, eles adaptaram seus comportamentos para a cultura do download. Nestes territórios emergentes, se torna mais interessante [oferecer a opção de download]. Ainda achamos que no mundo desenvolvido nossa tese se mantém verdadeira, mas acho que conforme chegamos a mais e mais países subdesenvolvidos e em desenvolvimento, precisamos encontrar alternativas para as pessoas usarem a Netflix mais facilmente”, afirmou Sarandos.

Na espera

A empresa já havia mudado sua posição em relação à possibilidade de baixar seu conteúdo há algum tempo, mas ainda não colocou esta mudança de pensamento em prática. A declaração do executivo dá a entender que a funcionalidade pode funcionar apenas em países mais pobres e com internet fraca.

Viu? Netflix sai do ar e avisa seus consumidores com bom-humor

A questão que fica é se a empresa oferecerá o catálogo completo para download de seus usuários ou apenas algumas opções, já que isso pode depender de novos acordos com as produtoras e distribuidoras de filmes e séries. Assim, é possível que a Netflix só tenha a autorização para oferecer o seu material exclusivo, sobre o qual tem todos os direitos criativos e econômicos. Por enquanto, só nos resta esperar!

Fonte: Olhar Digital

Leia tudo sobre

Internet

Faça um comentário