Nascimento Turismo teve 31 queixas em 19 dias no Reclame AQUI

Em 8 de maio, uma consumidora de Brasília postou, indignada, sua situação no Reclame AQUI. Ela comprou dois pacotes de viagem para Cancun pela Nascimento Turismo, mas chegando ao destino, teve uma desagradável surpresa. "As duas reservas no hotel Hard Rock Cancun feitas pela Nascimento Turismo não foram pagas pela empresa".

Poucos dias depois, no dia 27, outra cliente, que comprou pacote para o Chile, teve o mesmo problema com a operadora. "Fechei um pacote para Santiago e simplesmente não reservaram meu hotel! Não paguei parcelado, paguei a vista. Muita decepcionada com a irresponsabilidade", desabafa. De 8 a 27 de maio, a Nascimento Turismo somou 31 reclamações só com consumidores no Reclame AQUI.

(foto: Reprodução / TV Globo)

Recuperação judicial

A situação da Nascimento Turismo virou pública essa semana. A segunda maior operadora de viagens no Brasil entrou com pedido de recuperação judicial. Isso acontece quando uma empresa está enfrentando uma crise econômica e precisa de tempo para se reestruturar - 65% dos pacotes da Nascimento Turismo são para o exterior e só o ano passado, a operadora embarcou mais de cem mil passageiros.

Em reportagem do Jornal Hoje, da TV Globo, na quarta-feira, dia 27, o escritório principal da Nascimento Turismo, em São Paulo, ainda estava fechado. Quem procurava informações recebia um comunicado. "A empresa diz que está em plantão emergencial e que, desde então, tem feito 500 atendimentos por dia".

Calote ou crise?

Para o advogado entrevistado na reportagem, Oziel Estevão, isto não significa que a empresa deu calote nos consumidores, mas sim reconhece que está passando por uma crise.

“Ela tem 60 dias para apresentar um plano de recuperação judicial. Esse plano ele tem que ser apreciado pela assembleia de credores e essa assembleia de credores é que a responsável por aprovar ou não esse plano”, diz Oziel.

Situação econômica prejudica setor

Para a Associação Brasileira de Viagens (Abav), a valorização do dólar e a queda na procura por pacotes pode ter motivado a situação da Nascimento Turismo, que é o que têm causado muitas dificuldades para o setor. A Abav orientou as agências a não repassarem eventuais prejuízos para os passageiros.

“A agência vai ter que entrar em contato com o hotel que por acaso não foi pago ou pedir para o seu passageiro pagar e ser reembolsado quando voltar”, explica o vice-presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagem, Leonel Rossi.

Em busca de soluções

Em  nota, a Nascimento Turismo declarou que está buscando soluções para os seus clientes e que vai apresentar um plano de recuperação. A empresa afirmou também que sempre manteve uma relação de transparência e credibilidade com os clientes, funcionários e fornecedores.

Fonte: G1

Leia tudo sobre

Indenização Turismo

Faça um comentário