McDonalds terá que indenizar cliente assaltado no drive-thru

Caso ocorreu em uma loja da rede no bairro Moema, na capital paulista

Reprodução

Nesta última terça-feira (18), a Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que a rede McDonald’s deve indenizar em R$ 14 mil um cliente que foi vítima de assalto no momento em que comprava o alimento no drive-thru.

O caso ocorreu em uma loja da rede no bairro Moema, na capital paulista. O cliente foi abordado por um homem armado, que roubou sua carteira e a chave do veículo. Segundo o cliente, durante a abordagem, nenhum dos funcionários teria tentado ajudar.

Para os ministros do STJ, a empresa é responsável pela segurança do sistema drive-thru. No recurso, o restaurante alegou que não tinha o dever de manter segurança armada em seus estabelecimentos.

Para a diretora adjunta do Instituto Brasileiro de Política e Direito do Consumidor (Brasilcon), Simone Magalhães, a decisão dos ministros do STJ se torna válida. “A partir do momento em que o consumidor entra em um estabelecimento, mesmo que seja drive-thru, e tem a expectativa de segurança, automaticamente há a responsabilidade da empresa, seja ela qual for, em ressarcir os danos causados a ele”, diz Simone.

Procurado, o McDonald’s informou que não comenta decisões judiciais.

Leia: Projeto de lei propõe encerramento de contas bancárias digitalmente

Fonte: O Globo

Faça um comentário