Furtaram minha carteira no bloquinho de Carnaval. O que eu faço?

600 boletins de ocorrência de crimes envolvendo o pré-carnaval de rua já foram registrados no último final de semana em São Paulo

Reclame AQUI

Quando a grana está curta, muitos foliões acabam curtindo o Carnaval de rua em suas próprias cidades e para aproveitar as festas sem imprevistos desagradáveis, o Reclame AQUI Notícias separou algumas dicas de segurança para você se prevenir de furtos, roubos e outros golpes.

Aproximadamente, 600 boletins de ocorrência de crimes envolvendo o pré-carnaval de rua já foram registrados no último final de semana de folia em São Paulo. Atente-se!

Golpe da troca de cartão

O golpista entrega a maquininha para o cliente digitar a senha do cartão. Ele se aproveita de um momento de distração do comprador ou usa algum truque e desvia sua atenção, para que a pessoa insira, por engano, a senha no campo destinado ao valor da compra, permitindo que o criminoso tenha acesso a essa informação.

Ainda aproveitando a falta de atenção do comprador, ele troca o cartão e devolve um similar, muitas vezes do mesmo banco. A troca só é percebida muito tempo depois.

O que fazer?

No caso de furto ou perda de documentos, você pode fazer uma denúncia online ao acessar o site da Secretaria Estado de Segurança Pública e registrar a ocorrência. Mas, se for caracterizado por roubo, pela utilização de agressão ou ameaça grave – com ou sem uso de arma –, não é possível resolver pela internet. Você precisará ir até uma delegacia para registrar um boletim de ocorrência (B.O.).

Informe também ao SPC e o Serasa sobre o ocorrido, assim você poderá evitar fraudes envolvendo seu nome e seus documentos.

Na delegacia

Para registrar ocorrências de documentos pessoais, será necessário informar os números dos documentos (RG e CPF) do responsável ou representante legal.

Para registros que envolvam talões de cheques e/ou cartões é necessário fornecer as seguintes informações: nome do banco, agência, número da conta corrente e a numeração das folhas do talão de cheques perdido ou furtado.

Se forem documentos do veículo, basta especificar quais foram os documentos furtados ou perdidos (CRV, CRLV, DPVAT e IPVA).

Já leu? Saiba como pagar as contas que vencem no Carnaval

Fonte: G1/M de Mulher

Leia tudo sobre

Carnaval Dicas Feed IPVA São Paulo

Faça um comentário