Fãs de Tim Burton reclamam de exposição no MIS

Relatos garantem que cineasta estaria em pré-estreia, mas museu nega informação

Divulgação

A empresária Keity, de 26 anos, comprou ingresso e passagem do Rio de Janeiro para São Paulo assim que ficou sabendo que o cineasta Tim Burton (direto do clássico filme Batman, de 1989), estaria presente na pré-estreia da exposição, no Museu da Imagem e do Som, MIS. "Sou fã do Tim há mais de 15 anos! Eu iria assistir à exposição de qualquer jeito, mas informaram que ele viria na premiére, esperei e comprei. Achei ao menos que veria uma sombra dele de longe", contou ela à reportagem do Reclame AQUI Notícias.

Ela, assim como muitos fãs, entenderam a mesma coisa: Tim Burton viria ao Brasil e estaria presente na chamada premiére agendada no MIS, dia 3 de fevereiro. Para isso, eles desembolsaram R$ 400, outros conseguiram pagar meia (R$ 200). O problema é que o cineasta não estará neste dia para o evento, e sim para outro agendado dia 11 de fevereiro, no valor de R$ 300.

Sobre o evento do dia 11, o MIS explicou em nota enviada ao Reclame AQUI Notícias que este valor "não se refere a um ingresso de cinema, mas sim um evento especial em que as pessoas que pagarem pelo ingresso visitarão a exposição O mundo de Tim Burton de forma exclusiva, em um dia fechado para o público, ganharão um catálogo da mostra, assistirão a um filme do cineasta e ainda terão a oportunidade de participar de um bate-papo com Tim Burton e ganhar um certificado de participação". Essa confusão gerou muita discussão em redes sociais e alguns fãs chegaram a postar suas queixas no Reclame AQUI.

O MIS explicou também que, para dar acesso a todos, vai sortear 30 pessoas para participar gratuitamente dessa sessão especial seguida de bate-papo com Tim Burton.

Confusão

Aos 18 anos, Wesley Lourenço também aprecia o trabalho do cineasta. Morador da cidade de Guarulhos, São Paulo, o fã contou que comprou ingresso para a premiére a R$ 200 (meia). "Fomos informados que seria inaugurado pelo cineasta do modo que ele fez em todos os países até chegar a vez do Brasil", disse Lourenço, que comprou na expectativa de conhecer o artista. "Muita gente queria estar na premiére por causa da presença dele", completou.

O publicitário Thiago Corazza, de 24 anos, mora em Piracicaba, interior de São Paulo e também acreditou que Tim Burton estaria na premiére e acusou o MIS de má fé. "Eles deram uma de desentendidos".

MIS nega que divulgou presença do cineasta

Em nota, o MIS esclareceu o mal entendido. "Desde o início foi divulgado que o evento do dia 3 de fevereeiro seria uma Première, uma pré-estreia da exposição. Nunca dissemos que ele (Burton) estaria presente. O que oferecemos foi um evento exclusivo antes da abertura da exposição. Outros eventos em outros países não garantem que aqui será igual. Nunca divulgamos a data da presença dele no MIS, desejávamos isso e estávamos negociando há um ano, mas nunca havia sido confirmado".

O museu disse ainda que poucos fãs compraram o ingresso a R$ 400. "Todos tiveram a opção de pagar meia-entrada (R$ 200) mediante a simples doação de um livro. Queremos que as pessoas fiquem felizes com a grande exposição que estamos trazendo pela primeira vez à América Latina. De qualquer forma estamos entrando em contato com as pessoas que compraram o ingresso para o dia 3 e que estão insatisfeitas".

O Reclame AQUI Notícias entrou em contato com a Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, mas não obteve uma posição até o fechamento desta matéria.

Mais informações sobre a exposição, acesse o site do MIS!

Leia tudo sobre

Cinema Meia-entrada

Faça um comentário