Fãs de Sandy & Junior relatam problemas na pré-venda de ingressos da turnê

Fila online passou de 180 mil pessoas na espera

Reprodução

A pré-venda dos ingressos (exclusiva para clientes Elo) para a turnê “Nossa História”, da dupla Sandy e Junior, começou nesta quarta-feira (20), às 10h. Mas, a fila online passou de 180 mil pessoas e em menos de 1h todos os bilhetes se esgotaram, e diversas reclamações foram registradas.

Uma consumidora de Osasco, São Paulo, Natália Barbosa, de 29 anos, diz, exclusivamente ao Reclame AQUI Notícias, que ficou menos de uma hora na fila para conseguir comprar os ingressos. Logo que entrou no site para escolher o setor que assistiria o show, no Allianz Parque, apenas os setores Pista – Vamô Pulá e a Cadeira Nível 2 - A - As Quatro Estações estavam disponíveis.

“Não tinha o que fazer, cliquei na pista mesmo e selecionei a quantidade de bilhetes que queria. Ao finalizar a compra, o sistema constava que não havia ingressos suficientes para a opção escolhida. Como assim? Se quando chegou minha vez dizia que tinha ingressos disponíveis?”, relata.

Dois consumidores de Belo Horizonte, Minas Gerais, registraram no site do Reclame AQUI que a taxa de conveniência dos ingressos era de 15%. “Em cada bilhete foi cobrado uma taxa de 72 reais, que representa 15% do valor do ingresso. Não quero saber se é lei ou deixou de ser, o fato é que ela é abusiva, pois nada justifica essa cobrança”, relata cliente.

Das 10h47 até 13h43, no site do Reclame AQUI, mais de 51 reclamações foram registradas contra o Ingresso Rápido e a rede Elo de cartões sobre a pré-venda. Já nas redes sociais, mais de 100 relatos insatisfeitos foram feitos o momento.

Problemas operacionais

Segundo o site UOL, quem entrou na fila da pré-venda em Manaus, não conseguiu comprar os ingressos porque não aparecia entre a opção da cidade entre as opções dos shows da turnê. Referente a isso, a pré-venda para clientes manauaras do cartão Elo poderão acontecerá nos dias 3 e 4 de abril. Já a venda para o público geral será dia 5 de abril.  

O Reclame AQUI Notícias tentou entrar em contato com as empresas envolvidas, mas, até o fechamento da matéria, não obtivemos resposta.

Leia também: STJ considera ilegal taxa de conveniência em vendas online de ingressos

Faça um comentário