EUA poderão exigir senhas de redes sociais a quem solicitar visto

Medida afetaria principalmente estrangeiros do Irã, Síria, Líbia, Iraque, Somália, Sudão e Iêmen

Reprodução

O secretário de Segurança Nacional, John Kelly, declarou na última terça-feira, dia 7, que as embaixadas americanas poderão exigir as senhas de acesso a redes sociais dos solicitantes de visto americano.

A medida trata-se do que o presidente dos EUA, Donald Trump, qualificou como "verificação extrema". O objetivo é de estabelecer controles ainda mais rígidos, reforçar os controles prévios dos visitantes e eliminar os que possam constituir uma ameaça à segurança.

A determinação afeta particularmente os cidadãos de sete países de maioria muçulmana - Irã, Síria, Líbia, Iraque, Somália, Sudão e Iêmen -, cujos procedimentos de controle ainda são muito frágeis, alegou Kelly. Apesar de visar barrar estrangeiros desses países, ela também abre precedentes para que a exigência seja feita a qualquer outra nação.

5 dicas: Mantenha sua rede social em segurança

"É muito difícil fazer controles verdadeiros nesses sete países (...), mas se vierem, queremos poder ver os sites que visitam e nos deem suas senhas para que saibamos o que fazem na internet", disse Kelly. "Se não quiserem cooperar, não entram" nos EUA, completou o secretário.

Fontes: Estadão/Olhar Digital

Leia tudo sobre

Internet

Faça um comentário