Entrega de livros acumulam mais de 130 mil reclamações em 2018

Queixas aumentaram 62% em comparação ao primeiro trimestre do ano passado

GeorgeRudy

Nesta segunda-feira (23), o Dia Internacional do Livro é celebrado com diversas promoções e eventos que visam o prazer pela leitura, afim de reconhecer a importância e o impacto que os livros trazem no mundo inteiro.

O que poucos sabem é que, no ReclameAQUI, a categoria Livros acumula mais reclamações do que a de companhias aéreas e de telefonia fixa. Sendo assim, a 19ª categoria mais reclamada no site hoje.

De acordo com o levantamento feito pelo ReclameAQUI Notícias, são mais de 130 mil insatisfações registradas no primeiro trimestre deste ano. Em comparação ao mesmo período de 2017, as reclamações sofreram um aumento de 62%. Em ambos os anos analisados, as queixas sobre atraso na entrega e produto não recebido são as mais frequentes.

“Antes de efetuar a compra, o site apontava que o livro seria entregue em até 13 dias. Após a confirmação de pagamento recebi um e-mail dizendo que o livro seria entregue depois da data limite apontada no site. Isso é um absurdo! Preciso do livro com urgência!”, relata uma consumidora do Paraná.

Em São Paulo, um consumidor afirma que não recebeu seus livros porque a empresa alegou não encontrar o endereço. “Não recebi a mercadoria, pois alegaram não encontrar o mesmo endereço que eles já haviam entregue outros pedidos antes. Não faz sentido!”, diz consumidor insatisfeito.

Se você também já teve algum tipo de problema com atraso na entrega ou produto não recebido, ReclameAQUI!  

Leia: Entenda o que é tarifa branca e se ela te ajudaria na economia de luz

Leia tudo sobre

Feed Lojas virtuais

Faça um comentário