El Al Airlines anuncia voo para Israel, cancela e deixa consumidores indignados

Passagens no valor de R$ 877 chamaram a atenção em sites de agências de viagens

Reclame AQUI

Uma promoção de passagens aéreas de São Paulo (Aeroporto de Guarulhos) para Tel Aviv, em Israel, terminou com consumidores indignados. O voo foi anunciado nesse domingo pelo valor de R$ 877 por diversas agências de viagem online. Mas não demorou para a companhia aérea israelense El Al Israel Airlines cancelar os bilhetes.

A suspensão do voo gerou uma onda de reclamações. No site do Reclame AQUI, os consumidores que tiveram a compra cancelada começaram a registrar reclamações sobre o problema ainda nesse domingo tanto para a empresa El Al Israel Airlines, quanto aos sites que venderam passagens, além da companhia American Airlines, que era parceira da empresa israelense no voo.

O que disse a El Al Israel Airlines

Na manhã desta segunda-feira (9), a empresa El Al Israel Airlines afirmou em um comentário feito em seu Facebook, que o valor divulgado foi um erro técnico que durou cerca de três horas. Além disso, disse que vai ressarcir os consumidores. Entretanto, não há um pronunciamento oficial até o momento por parte da empresa nas redes sociais.

Para se ter uma ideia, entre os sites de agências de viagem onde foram registradas queixas, a Viajanet, por exemplo, que costuma registrar 9,45 reclamações ao dia, nesta segunda-feira teve 85 queixas, isso é 9 vezes mais. A American Airlines, que tem em média 5 reclamações ao dia, hoje teve 23, um volume 5 vezes maior. Já a empresa israelense El Al Israel Airlines, que de janeiro ao dia 7 de setembro deste ano teve apenas 2 reclamações no site do Reclame AQUI, ontem e hoje, juntos, registrou 23.

Consumidores indignados aguardam retorno da empresa

De acordo com o diretor de operações do Reclame AQUI, Diego Campos, “o consumidor pode sim abrir queixa, isso porque a oferta de passagens é um serviço que não tem preço padrão, não sendo raro encontrar passagens a este preço, por isso o Código de Defesa do Consumidor garante que a oferta seja cumprida. Os consumidores devem procurar seus direitos”.

Um morador de São José dos Campos afirmou no site do Reclame AQUI que fez a compra pelo cartão de crédito e três horas após foi cancelada.  Outro consumidor, de Goiânia, afirma que chegou a receber o e-mail de confirmação. “Conferi o código da reserva gerado no site da EL AL e estava com status aguardando pagamento, ou seja, a reserva estava feita, só que 1 hora depois veio o e-mail falando que havia sido cancelado. Aguardo posicionamento da EL AL para honrar a compra da passagem. Gerou a reserva, confirmou a reserva, gerou expectativa em toda família. Aguardo que honrem de acordo com o Código de Defesa do Consumidor”.

Agências de viagem online receberam reclamações

O Reclame AQUI fez uma pesquisa sobre o tema das reclamações no site e encontrou queixas relacionadas ao cancelamento do voo para, pelo menos, seis agências. Além da Viajanet, que tem reputação RA 1000 e soluciona 90,8% das reclamações, e a El Al Israel Airlines, que não tem índice de reputação, os consumidores reclamaram para a Decolar, com reputação Bom e índice de solução de 76,5%.

A Passagens Promo, de reputação Ótimo e índice de solução de 96,4% também recebeu queixas. Houve registros ainda para a Submarino Viagens, de reputação regular e solução de reclamações de 62,6%; para a Melhores Destinos, que não tem índice de reputação, e a American Airlines, de reputação Não Recomendada.

Faça um comentário