Dos carros, amigos cantam “Parabéns a você” na frente do prédio do aniversariante

Surpresa deixou a Roberto Jun e a família emocionados. Eles receberam também o carinho dos vizinhos, que cantaram também de suas sacadas

Reclame AQUI

A noite dessa terça-feira (31) foi muito especial para uma família de Criciúma (SC). Sozinhos no apartamento, a advogada Ana Paula, e as duas filhas - Laura Mayumi, 6 anos, e Olívia Naomi, 4 anos - celebravam o aniversário de 47 anos do marido, o analista de sistemas Roberto Jun, quando foram surpreendidos pelos amigos. De dentro dos carros, na frente do prédio, fizeram um buzinaço e cantaram um “Parabéns a você” cheio de carinho, à distância.

“Foi indescritível, nunca vou esquecer esse dia. Em um momento tão difícil, de distância física, pude sentir que o dia foi especial e que sou amado por muita gente. As mensagens recebidas, os vídeos, os áudios, apesar da Covid-19, não fui esquecido”, agradece Jun.

Ana Paula conta que todos os anos os aniversários são comemorados com a família e os amigos. E que ela e o marido integram um grupo de amigos que costuma fazer serenatas para cantar aos outros amigos quando eles não estão se sentindo bem ou atravessam fases difíceis. Mas desta vez, a serenata comemorou a alegria e a vida de Jun.

“Eles combinaram essa surpresa em outro grupo de WhatsApp sem a gente saber! Durante o dia comprei bolo e salgadinhos para nós quatro, as meninas e eu enfeitamos uma parte da casa e comprei o presente online, estamos 100% em casa. Botamos música, celebramos e de repente ouvi um movimento na rua, na frente do prédio. Fomos para a sacada e vimos a surpresa. Nos emocionamos, até os vizinhos cantaram e mandaram mensagem. Queríamos muito um abraço, mas sentimos o carinho à distância. Não consigo descrever a emoção, os amigos estavam na frente do prédio, com as crianças dando tchau pela janelinha dos carros, muita gratidão. Uma das festas mais simples e mais felizes que já tivemos”, detalha a advogada.

 Veja imagens feitas pela família:

 

Quanto aos dias de reclusão por conta da pandemia, Ana Paula e Jun contam que não têm sido fáceis por conta da distância de quem amam, sentimento que tantas outras famílias enfrentam também. “Mas não reclamo, só agradeço de estarmos juntos, termos saúde, unidos, fazendo as tarefas de casa juntos e podermos ajudar a quem precisa nessa hora de crise financeira. Penso que vamos voltar dessa com o coração mais limpo, desprovido de coisas que carregávamos e que não vão ter tanta importância diante de tudo isso. E os sentimentos mais nobres vão ficar mais evidentes”, reflete Ana Paula.

Leia tudo sobre

Feed Novo Coronavírus

Faça um comentário