Distrito Federal tem paralisação de ônibus nesta segunda-feira (27)

Ainda não há previsão de regularização e de novas paralisações marcadas

Ricardo Matsukawa/VEJA.com

Na manhã desta segunda-feira (27), mais de 200 mil pessoas ficaram sem ônibus no Distrito Federal devido à paralisação dos funcionários da empresa São José, que atende as regiões de Ceilândia, Estrutural, Vicente Pires, Brasilândia, Recanto das Emas, SIA, SCIA e parte de Taguatinga.

Segundo o Sindicato dos Rodoviários, os funcionários pedem que os ônibus passem por manutenção e que ex-funcionários da Cootarde, que passou a ser controlada pela empresa, sejam contratados. Já a assessoria da São José afirmou que a companhia foi pega de surpresa com a greve.

Alguns ônibus começaram a deixar a garagens depois das 9h da manhã, mesmo assim ainda foram insuficientes para regularizar a demanda de serviços.

Além da falta de ônibus na região oeste do DF, uma falha em uma das catracas do metrô também dificultou a ida do brasiliense ao trabalho. A fila de passageiros em Ceilândia chegou ao estacionamento da estação. De acordo com o Metrô-DF, a falha é anterior a paralisação dos rodoviários e não há previsão de quando a situação será normalizada.

Leia: Boletos vencidos de R$ 400 ou mais já podem ser pagos em qualquer banco

Fonte: Destak/Correio Braziliense

Faça um comentário