Dia dos Pais: 43,2% pagarão presentes com cartão de crédito

Pesquisa Reclame AQUI falou com 2,9 mil usuários do site dias 5 e 6 de agosto

Divulgação

De acordo com pesquisa realizada pelo site Reclame AQUI, 47,1% dos consumidores que pretendem comprar presentes para o Dia dos Pais em 2019 devem desembolsar até R$ 100. Outros 29,3% disseram que vão gastar entre R$ 100 e 200. Além disso, 10% ainda garantem que vão ser mais generosos e gastar mais de R$ 600 para surpreender os papais no próximo domingo, dia 11.

O Reclame AQUI colheu a opinião de 2.907 pessoas, sejam os que pretendem presentear (75%), como os que devem receber os presentes neste ano (25%). A notícia boa é que tanto os que vão comprar como os que desejam receber tiveram a mesma ideia. Roupas e calçados é a primeira opção de presente escolhida por 42,3% dos consumidores que pretendem comprar. E é também a preferência de presente para 30% dos papais.

Para o diretor de operações do Reclame AQUI, Felipe Paniago, o setor beneficiado, vestuário, explica a expectativa do ticket médio. "Quem vai comprar já sabe o que os pais querem de presente. Como roupas e calçados não são produtos tão caros, acaba sendo bom para todo mundo: pro bolso de quem vai comprar e para o gosto de quem vai ganhar. Mesmo assim, ficaremos atentos nas reclamações que devem aparecer a partir de semana que vem", alerta Paniago.

Formas de pagamento

Dos consumidores que prometem comprar presentes este ano, 43,2% vão pagar com cartão de crédito, enquanto 40,7% devem pagar à vista, no débito. Além disso, até pela proximidade da data, 68% optaram por comprar em lojas físicas, enquanto 32% escolheram lojas virtuais para as compras.

"Isso ainda acontece muito, seja Dia dos Pais, Dia das Mães, Dia das Crianças. O consumidor brasileiro ainda tem dificuldade para se programar e deixa para a última semana. Por isso não quer arriscar comprar pela internet e correr o risco de o presente não chegar a tempo", analisou Felipe Paniago, diretor de operações do Reclame AQUI.

Perfil dos papais

Como de costume, não são apenas os papais que serão lembrados neste domingo. Além dos 81,5% de pais, outros 4,1% são avôs, 2,1% são irmãos, 1% padrinhos, 0,5% padrasto, 0,3 sogro, 0,3 cunhado e 9,3% outros.

Para 72,3%, o Dia dos Pais será em casa com a família, ao passo que 11,6% pretendem ir a restaurantes para comemorar a data.

Já viu? Montadoras vendem mais e recebem mais reclamações em 2019. E o atendimento?

Leia tudo sobre

Dia dos Pais Economia Feed

Faça um comentário