Cuidado: mensagem sobre distribuição de álcool gel pela Ambev é falsa

Em seus canais oficiais de comunicação, cervejaria alerta também para o preenchimento de cadastro fake

Reclame AQUI

Álcool gel não tem sido mesmo um artigo fácil de encontrar com o crescimento da pandemia de Covid-19, mas tem gente se aproveitando da situação para divulgar informações falsas e roubar dados dos consumidores. Circula em redes sociais um aviso sobre uma suposta distribuição gratuita de álcool gel pela Cervejaria Ambev. A informação é desmentida no site e nas redes sociais da empresa.  

A publicação falsa orienta que, para ter acesso ao produto, bastaria os interessados preencherem um cadastro online. Em seus canais de comunicação, a Cervejaria Ambev desmente o boato e esclarece que ao preencher o cadastro os consumidores “poderão ter seus dados pessoais furtados por pessoas mal intencionadas”. Leia o post da Ambev na íntegra:

“É FAKE: muitas mensagens estão circulando pelas redes sociais informando sobre uma suposta distribuição de álcool em gel para a população mediante cadastro em links. Gostaríamos de ressaltar que nosso álcool em gel NÃO está sendo distribuído para pessoas físicas, assim como também NÃO está à venda e NÃO há links oficiais disponíveis além de nossos canais oficiais. Ao clicar em um link desta mensagem, seus dados poderão ser roubados por pessoas mal-intencionadas que estão se aproveitando de nossa ação.  O álcool em gel produzido por nós será destinado aos hospitais públicos de SP, RJ e Brasília para uso interno do hospital”.

A cervejaria ainda pede ao público que não acredite em qualquer link e reforça seus canais oficiais para a busca de informações. A cervejaria acrescenta que colocou em produção 500 mil unidades de álcool gel que vão ser direcionadas para uso em hospitais públicos.

 

Hospital Israelita Albert Einstein também fez alerta aos pacientes

Esta semana, o Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, também emitiu um comunicado alertando os pacientes sobre uma ação que tem sido praticada em nome da instituição. Um grupo tem divulgado na internet um número de WhastApp falso, se identificado como coletores de exames do novo coronavírus em casa para praticar assaltos.

Leia mais: Hospital Israelita Albert Einstein emite alerta de golpe 

Leia tudo sobre

Feed Novo Coronavírus

Faça um comentário