Cuidado! Golpe do PIS volta a circular por links fraudulentos no WhatsApp

Criminosos aproveitam a liberação do 7º abono salarial do PIS-Pasep para agir

Reprodução

Antes de compartilhar ou clicar em qualquer link pelo WhatsApp, a atenção deve ser redobrada. Desta vez, com a liberação do 7º lote do abono salarial do PIS-Pasep, estão circulando pelo aplicativo links que supostamente seriam para consultar se o usuário tem o direito ou não.

O golpe, identificado pelo dfndr lab, leva o usuário a uma página fraudulenta. Nela, há um texto informando que a Caixa Econômica está liberando “PIS salarial pra quem trabalhou entre 2005 à 2018 no valor de R$ 1.223,20”.

Logo abaixo, o usuário é incentivado a responder às seguintes perguntas: “Você trabalhou com carteira assinada entre 2005 a 2018?”; “Você está registrado atualmente?”; “Possui cartão cidadão para realizar o saque do benefício?”. Independentemente das respostas, a vítima é direcionada para uma página na qual é incentivada a compartilhar com 30 amigos ou grupos do WhatsApp.

Correios: Reclamações de atraso na entrega crescem 14% em 2018

Golpes como esses ocorrem com frequência. No ano passado, um deles prometia o saque do FGTS e atingiu mais de 70 mil pessoas em 24h. Recentemente, criminosos usaram a tragédia de Brumadinho e também falsos brindes de caixa de lápis de cor da Faber Castell para aplicar golpes na população.

Fontes: O Globo/G1

Leia tudo sobre

Fraude WhatsApp

Faça um comentário