Criminosos usam tragédia de Brumadinho para aplicar golpes na população

Diante de qualquer dúvida, as pessoas devem entrar no site da Defesa Civil de Minas Gerais, diz PM

Reprodução

Desde o rompimento da barragem de Brumadinho, na última sexta-feira (25), a Polícia Militar de Belo Horizonte vem alertando a população sobre as fake news. Enquanto boa parte do Brasil tem se esforçado em ajudar os moradores da cidade afetada, cibercriminosos estão usando a tragédia para roubar dinheiro de pessoas sensibilizadas pelo caso.

A Polícia Militar de Belo Horizonte soltou um alerta sobre uma falsa mensagem que tem circulado nas redes sociais, como WhatsApp e Facebook, com uma conta corrente fraudulenta para receber doações a Brumadinho.

O major Flávio Santiago, porta-voz da PM de Minas, disse que “muitas mensagens falsas estão circulando na internet pedindo donativos e entregando número de conta corrente. Se a pessoa não conhecer a fonte que está solicitando qualquer tipo de valor, não faça nenhum tipo de doação. Diante de qualquer dúvida, as pessoas devem entrar no site da Defesa Civil de Minas Gerais. Pois, se houve algo oficial neste sentido, lá será publicado”.

Além disso, “o Governo de Minas através da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil de Minas Gerais (Cedec/MG) e o Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) agradece o empenho e a solidariedade do povo mineiro com os afetados pelo rompimento da barragem da mineradora Vale, e informa que os donativos arrecadados até o momento são suficientes, não sendo necessário o envio de mais materiais para o socorrimento humanitário”, diz a Defesa Civil.

Leia também: Golpe oferece falso brinde de caixa de lápis de cor Faber Castell

Fonte: Techmundo

Leia tudo sobre

Aplicativos Feed Fraude WhatsApp

Faça um comentário