Consumidores podem pedir teste de qualidade em postos de gasolina

Desconfie de estabelecimentos que oferecem combustíveis a preços muito baixos da média da região

Reclame AQUI

Apesar da informação ser desconhecida por grande parte dos consumidores do país, os postos de combustíveis são obrigados a ter um aviso ao cliente sobre a possibilidade de testar gratuitamente a qualidade dos produtos.

Segundo dados levantados pelo Reclame AQUI Notícias, 460 reclamações foram registradas sobre gasolina adulterada em 2018. Já em 2019, foram mais de 90 queixas relatas, do dia 1º de janeiro até esta quinta-feira (21).

Para evitar transtornos e se prevenir de problemas automotivos, recomenda-se que os consumidores abasteçam sempre no mesmo posto, além disso, desconfie de estabelecimentos que oferecem combustíveis a preços muito baixos da média da região.

Como pedir o teste de qualidade

No caso da gasolina, o consumidor pode pedir para verificar o aspecto visual do combustível. O líquido precisa estar límpido e variar de incolor a amarelo, e solicitar exames da densidade relativa e do teor de álcool anidro (que deve ser de 25%, com margem de tolerância de 1 ponto percentual para cima ou para baixo).

Para o álcool, o motorista pode pedir os testes de massa específica, teor alcoólico e aspecto visual. O produto deve ser sempre incolor. O óleo diesel, por sua vez, precisa ser amarelo-escuro, e o cliente também pode exigir um teste de densidade relativa.

Se o posto se recusar a fazer o teste, o consumidor deve abrir uma reclamação no site do Reclame AQUI e denunciar aos órgãos de defesa do consumidor.

Já viu? Consumidor tem até 10 anos para questionar cobrança indevida de operadoras

Faça um comentário