Consumidora encontra larva ao abrir embalagem de chocolate

Fabricante Pan prometeu análise do ocorrido e entrega de novos produtos por Sedex

Reprodução/Larissa Koloszuk

Depois do objeto estranho encontrado em uma água de coco e das fezes de rato em um salgadinho, mais uma consumidora teve uma surpresa nada agradável ao abrir a embalagem de um alimento na última terça-feira, dia 23.

“Aí bate aquela vontade de comer um chocolatinho (diet, pra não pisar muito na jaca)... E dou de cara com uma LARVA”, escreveu Larissa Koloszuk em um post no Facebook seguido da imagem chocante.

Larissa comprou o doce de 30 gramas por R$ 4 em uma bomboniere no Itaim Bibi, em São Paulo. Ao tentar um primeiro contato com a fabricante Pan, não obteve sucesso, pois já havia se passado o horário máximo de atendimento da empresa pelo telefone.

A consumidora explica que acabou jogando o chocolate fora por impulso após ter ficado com muito nojo no momento em que viu a larva, o que dificultou o processo de análise da fabricante diante do caso.

“Fiquei frustrada porque não consegui contato com a marca ontem, mas hoje (24) eles atenderam e fui bem atendida. Disseram que irão mandar a foto e a embalagem para um laboratório analisar, mas que só pela imagem talvez não consigam estudar o produto”, explicou Koloszuk.

A empresa prometeu ainda que entregará na casa da cliente outros chocolates depois do ocorrido. “Tirando o estresse de ontem, de qualquer forma fiquei satisfeita com o atendimento”.

O que fazer ao comprar alimentos com irregularidades?

O art. 18 do Código de Defesa do Consumdior explicita que são impróprios ao uso e consumo os produtos que estejam “deteriorados, alterados, adulterados, avariados, falsificados, corrompidos, fraudados, nocivos à vida ou à saúde, perigosos ou, ainda, aqueles em desacordo com as normas regulamentares de fabricação, distribuição ou apresentação”, além de estarem com o prazo de validade vencido ou que se revelem inadequados por qualquer motivo.

Sabendo disso, caso compre um alimento com alguma dessas irregularidades, o consumidor pode voltar ao estabelecimento onde efetuou a compra e exigir a troca ou receber de volta o valor pago; além, é claro, de entrar em contato diretamente com o fabricante para relatar o ocorrido.

O Reclame AQUI também pode te ajudar em casos como este. É muito simples: encontre a empresa responsável pela falha produto e registre uma reclamação. Caso a fabricante não esteja no site, você pode solicitar o cadastramento.

Faça um comentário