Cidadãos chineses com pontuação social ruim serão impedidos de viajar de avião

Sistema será implantado aos poucos a partir de maio deste ano

chungking

O governo chinês anunciou, na última sexta-feira (dia 16), que vem desenvolvendo um sistema de crédito social que avalia os cidadãos com base em seus comportamentos.

De acordo com o sistema, a nota será contabilizada através de impostos pagos em dia, títulos acadêmicos legítimos, comportamentos de consumo, entre outros.

Aquele que possuir pontuação baixa terá a internet mais lenta, acesso restrito a restaurantes e poderá pagar aluguel mais caro, por exemplo. Até seus filhos sofrerão consequências, sendo impedidos de estudarem em algumas escolas.

O governo acredita que isso criará um ambiente de “confiança valorizada”. O sistema será implantado aos poucos até 2020, mas já existem alguns indícios de como ele funcionará. A partir de maio deste ano, cidadãos chineses que cometeram atos de “séria desonra” e estiverem com créditos sociais baixos não poderão viajar de trem ou avião por até um ano.

Leia: Lei que exige multa para ciclistas e pedestres foi adiada pelo Contran

Fonte: Superinteressante/Tecnoblog

Faça um comentário