Cervejarias deverão informar todos os ingredientes nos rótulos

Em 120 dias, informações sobre uso de materiais como milho ou arroz devem ser claras

jag_cz

A Justiça Federal de Goiás determinou que as cervejarias Ambev, Brasil Kirin (Heineken) e Cervejaria Petrópolis terão que trocar os rótulos de suas cervejas para informar todos os ingredientes usados em suas formulações.

Será preciso deixar claro se bebida tiver sido feita com materiais como milho ou arroz. As empresas terão 120 dias para se adequarem à nova regra. As embalagens antigas, no entanto, não precisarão ser substituídas.

Os rótulos deverão ter “informação clara, precisa e ostensiva quanto aos respectivos ingredientes, substituindo-se a genérica expressão ‘cereais não malteados/maltados’ pela devida especificação do nome dos cereais e matérias-primas efetivamente utilizados”, escreveu em sua sentença o juiz federal Juliano Taveira Bernardes, da 4ª Vara de Goiás.

Veja tudo sobre a categoria de bebidas alcoólicas no Reclame AQUI!

Em caso de descumprimento, cada empresa deverá pagar uma multa diária de R$ 10 mil. O dinheiro arrecado será enviado para o Fundo de Defesa dos Direitos Difusos, vinculado ao Ministério da Justiça. A decisão foi tomada em uma ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público Federal em Goiás (MPF-GO).

Leia tudo sobre

Direitos do consumidor Feed

Faça um comentário