Até o final de 2016, todos os estados terão 9º dígito no aparelho móvel

Anatel divulgou cronograma de acordo com DDDs

Reprodução/Internet

Em 2012, a Anatel realizou a adição do nono dígito às linhas de São Paulo. Hoje, já são vários estados que contam com a novidade, mas a mudança ainda não é válida para o país inteiro. A Agência divulgou agora novos detalhes para mostrar quando todos os usuários serão afetados.

De acordo com o órgão, até o final do ano que vem, todas as linhas móveis do Brasil devem ter o dígito adicionado e as aplicações vão acontecer de uma maneira gradual até atingir todos os locais restantes: Acre, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina e Tocantins.

A primeira modificação vai acontecer nos estados com DDDs de "61" até "69" — Acre, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia, e Tocantins —, que vão ter o nono dígito a partir do dia 29 de maio de 2016. Os estados que vão de "41" a "49" (Paraná e Santa Catarina) e "51" a "55" (Rio Grande do Sul) terão a novidade somente no dia 6 de novembro de 2016.

Adaptação

O cronograma estabelecido pela Anatel prevê quatro meses "de adaptação". Entre 29 de maio e 7 de junho, as chamadas para celulares serão completadas normalmente, discando 8 ou 9 dígitos. De 8 de junho a 5 de setembro, quem ligar para o modelo antigo (sem o dígito 9) receberá uma mensagem sobre a mudança.

Fonte: TecMundo/G1

Leia tudo sobre

Anatel Telefonia

Faça um comentário