Até as 6h, reclamações sobre Black Friday aumentam quase 60%

Celulares e tênis são os produtos que mais causaram problemas até agora

Arte/Reclame AQUI

O site Reclame AQUI, que monitora as queixas de Black Friday desde as 11h desta quarta-feira, 27, já recebeu 3.538 reclamações até as 6h desta sexta, 29. O volume já é 59% maior que o mesmo período da edição 2018 do maior evento de promoções do Brasil. Para se ter uma dimensão do crescimento, o site tem registrado uma média de mais de 80 reclamações por hora apenas sobre Black Friday.

O Reclame AQUI disponibiliza as informações publicamente na página inicial de seu site com o ranking das empresas mais reclamadas, problemas e produtos mais citados, além de lista de trends que apontam tendências de empresas mais buscadas de hora em hora.

Empresas com mais reclamações até agora

Propaganda enganosa lidera

Como de costume em todos os anos de monitoramento da promoção, o Reclame AQUI recebeu mais reclamações sobre propaganda enganosa até agora. Das 3.538 reclamações até as 6h, 28,33% foram de propaganda enganosa. Outros 10,68% se referem a problemas na finalização da compra, 9,32% sobre atraso na entrega, além de divergência de valores (8,32%) e estorno do valor pago (4,44%)

Celular e tênis

Os produtos que tiveram mais reclamações foram celular, tênis, componentes, peças e acessórios (informática, eletrônicos, etc), cartão de crédito e perfume.

Confira abaixo!

Veja também: Adivinha qual foi o horário com mais registros de reclamações na Black Friday.

Leia tudo sobre

Black Friday Feed

Faça um comentário