Ataque hacker no WhatsApp afeta usuários de todas as partes do mundo

Empresa pede aos 1,5 bilhão de usuários em todo o mundo que atualizem o aplicativo para sua versão mais recente

Reprodução

Nesta segunda-feira (13), o WhatsApp divulgou que foi detectada uma vulnerabilidade em seu sistema que permitia que hackers instalassem spyware em alguns telefones, conseguindo, assim, acessar os dados contidos nos aparelhos.

A empresa pediu aos 1,5 bilhão de usuários em todo o mundo que “atualizem o aplicativo para sua versão mais recente” e mantenham durante o dia seu sistema operacional ativo como medida de proteção.

Uma “simples” ligação no WhatsApp

Os hackers faziam uma ligação através do WhatsApp para o telefone cujos dados queriam acessar e, mesmo que o destinatário não respondesse à chamada, um programa de spyware era instalado nos dispositivos.

Em muitos casos, a chamada desaparecia mais tarde do histórico do aparelho, de modo que, se ele não tivesse visto a chamada entrar naquele momento, o usuário afetado não suspeitaria de nada.

Segundo o WhatsApp, o spyware detectado teve capacidade para infectar telefones com sistema operacional da Apple (iOS) e do Google (Android).

Relatos no Reclame AQUI

Leia também: Clientes afirmam contrair toxoplasmose após comer em bar em São Paulo

Fonte: Veja

Faça um comentário