Assembleia aprova paralisação dos metroviários para o próximo mês

Medida faz parte de uma campanha de mobilização contra a terceirização de linhas da companhia

Paulo Iannone/FramePhoto

Os metroviários de São Paulo aprovaram em assembleia uma paralisação para o dia 24 de outubro deste ano. A medida faz parte de uma campanha de mobilização contra a terceirização de linhas da companhia.

De acordo com o sindicato da categoria, há tentativas de "desmonte" do Metrô como serviço público e ameaça de "retirar direitos e conquistas" dos trabalhadores. Os metroviários defendem o cancelamento do leilão da linha 15-Prata, que ocorreria em junho deste ano, mas foi adiado para novembro. Além da revogação das privatizações das linhas 4-Amarela, 5-Lilás e 17-Ouro.

"A entrega das linhas só gera lucro às empresas privadas e prejuízos à população e trabalhadores da categoria. O Metrô tem praticado uma série de medidas que visam retirar os direitos e conquistas dos metroviários", disse o órgão em nota.

Leia também: PLS exige contrato para proteger consumidor de compras fraudulentas online

Fonte: Destak/Sindicato dos Metroviários

Faça um comentário