Anvisa proíbe venda e uso de lote de carne moída da marca Grã Filé

Testes apresentaram sulfito, um conservante proibido pelo Ministério da Agricultura

Reprodução/Frisa

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) determinou na última terça-feira, dia 26, a distribuição e a comercialização, no mercado nacional, de um lote de carne moída congelada da marca Grã Filé.

O lote, fabricado em 22 de março deste ano pelo Frisa-Frigorífico Rio Doce S.A. em embalagens plásticas contendo 500 g, tem validade em 22 de março de 2018.

A carne em questão foi reprovada em testes feitos no Laboratório Central de Saúde Pública do Rio de Janeiro (Lacen-RJ) por apresentar sulfito, um conservante proibido pelo Ministério da Agricultura em carne moída, de acordo com duas instruções normativas: IN 83/2003 e IN 51/2006.

A Anvisa determinou ainda que o recolhimento da carne deve ser feito pelo fabricante. A decisão está publicada no Diário Oficial da União (DOU).

Nota da empresa

Por meio de nota, a empresa informou que foi notificada em julho deste ano pela Vigilância Sanitária da Cidade de Volta Redonda-RJ , referente à coleta do produto carne moída congelada de bovino, da marca Grã Filé. O frigorífico informou ainda que "não há mais no mercado o produto do lote ao que se refere tal notificação."

“A empresa reitera seu compromisso com a excelência e qualidade dos seus produtos e se coloca à disposição para demais esclarecimentos, através do seu SAC (0800 703 3222)."

No Reclame AQUI: Confira as melhores e piores empresas no setor de carnes

Fontes: O Globo/Anvisa

Leia tudo sobre

Anvisa Saúde

Faça um comentário