ANS suspende venda de 17 planos de saúde por reclamações

Medida impede apenas a realização de vendas para novos clientes

iStock

Nesta sexta-feira (30), a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) suspendeu 17 planos de saúde de três operadoras por reclamações na cobertura assistencial, de acordo com o Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento.

Segundo a ANS, a medida impede apenas a realização de vendas para novos clientes. Os 156,6 mil já beneficiários destes planos não serão afetados.  

Os planos só poderão voltar a realizar vendas quando comprovarem melhorias na cobertura dos mesmos. Outros 19 planos de oito operadoras também haviam sido suspensos anteriormente, e receberam hoje autorização para voltarem a ser comercializados.

Veja aqui a lista dos planos de saúde suspensos!

No Reclame AQUI

No Reclame AQUI, a categoria Planos de Saúde soma, somente em 2018, do dia 1º de janeiro a 30 de novembro, mais de 51,5 mil reclamações. Em 2017, no mesmo período, foram 47,5 queixas registradas.

Segundo um levantamento feito pelo Reclame AQUI Notícias, os cinco principais problemas relatados pelos consumidores são, respectivamente:

  • Cobrança indevida (13,4%);
  • Dificuldade para agendamento de exames/consultas (12,3%);
  • Demoras para autorização de consultas/exames e cirurgias (10%);
  • Rede credenciada/descredenciamento (6,4%);
  • Mau atendimento (6,3%).

Já viu? Recarga de Bilhete Único poderá ser feita por WhatsApp

Fonte: Destak/G1

Leia tudo sobre

ANS Feed Planos de saúde Saúde

Faça um comentário