ANS suspende comercialização de 31 planos de saúde

Medida é resultado do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, feito a cada três meses

ArturVerkhovetskiy

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou a suspensão temporária da venda de 31 planos de saúde de 12 operadoras em função de reclamações relacionadas a cobertura assistencial.

A medida começa a valer na próxima sexta-feira, 8, e protege os cerca de 115,9 mil beneficiários já cadastrados nas carteiras desses planos, que continuam a ter assistência regular a que têm direito.

As operadoras, no entanto, só poderão voltar a vender esses planos para novos contratantes se comprovarem melhoria no atendimento. De acordo com a ANS, a medida é resultado do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, realizado a cada três meses.

Veja aqui todos os planos suspensos!

Na mesma data, voltam a ser totalmente comercializados 24 planos, de nove operadoras, que voltaram a apresentar índices aceitáveis de atendimento de seus beneficiários. Outros nove planos de sete operadoras voltam a ser parcialmente comercializados.

Teve um problema com seu plano de saúde? ReclameAQUI!

Reclamações

O monitoramento feito pela agência, divulgado a cada três meses, avalia as operadoras a partir das reclamações dos beneficiários relativas à cobertura assistencial, tais como negativas e demora no atendimento.

O resultado desse ciclo levou em consideração as demandas recebidas no 1º trimestre de 2018. Nesse período - de janeiro a março deste ano - a ANS recebeu 15.655 reclamações de natureza assistencial através de seus canais de atendimento. No ReclamAQUI, considerando o mesmo período, os planos de saúde receberam 13.645 reclamações.

Veja tudo sobre a categoria dos planos de saúde!

Fonte: O Globo

Leia tudo sobre

ANS Feed Saúde

Faça um comentário