Aneel aprova aumento nas contas de luz em MT, MS e no interior de SP

Medida é feita para manter o equilíbrio econômico-financeiro, segundo Aneel

Reprodução

Já está valendo o aumento nas contas de luz de consumidores dos estados: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e do interior de São Paulo, aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Em MT e MS são 2,3 milhões de unidades consumidoras atingidas em 314 municípios. Em Mato Grosso, o reajuste teve um aumento médio de 11,53% nas contas de consumidores atendidos pela Energisa Mato Grosso (EMT). Para as unidades do estado atendidas pela alta-tensão, o reajuste médio é de 5,94%. Já para as residências, o percentual é de 13,98%.

No Mato Grosso do Sul, as tarifas dos consumidores atendidos pela Energisa Mato Grosso do Sul (EMS) aumentaram para 9,87%. Para as residências urbanas e rurais, atendidos pela baixa tensão, o aumento é de 10,65%. Já para as grandes empresas, atendidas pela alta-tensão, o aumento é de 7,91%.   

Em São Paulo, a conta de luz de 4,3 milhões de consumidores em 234 munícipios, atendidos pela Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL Paulista) teve um reajuste médio de 16,9%. Para os consumidores de baixa tensão, como imóveis rurais, comerciais, de serviços e outras atividades, o percentual de aumento é de 20,17%. Já aqueles conectados em alta tensão, como indústrias, o aumento será de 11,11%.

Segundo a Aneel, os reajustes são feitos periodicamente em intervalos de quatro anos e dizem respeito a revisão tarifária para manter o equilíbrio econômico-financeiro.

Veja: Facebook mostra quais usuários foram afetados pelo vazamento de dados

Fonte: UOL

Leia tudo sobre

Aneel São Paulo

Faça um comentário