5 direitos do consumidor ao pegar uma sessão de cinema

Existem regras para qualidade de imagem e som, comidinhas, bebidas e meia entrada

Arte: Well Fernandes | Reclame AQUI

Quem não gosta de tirar uma hora do dia para pegar um cineminha? Além de se divertir, vale lembrar que lugar de lazer também faz valer os direitos do consumidor. Por isso, é sempre bom ficar atento a alguns fatores para não sofrer nenhuma prática abusiva. Confira quais são eles:

Programação

Informações sobre os horários de exibição do filme, faixa etária, preço do ingresso e a lotação ideal da sala de projeção são obrigatórias. Qualquer alteração na programação deve ser comunicada com antecedência.

Som e imagem

A boa qualidade do som e da imagem, que são imprescindíveis para uma sessão agradável e sem transtornos, também são direitos do consumidor.

Comidinhas

Se o estabelecimento vender produtos alimentícios, não poderá proibir a entrada de pessoas portando alimentos adquiridos em outros locais. Venda casada nos cinemas é prática proibida, entenda!

Bebidas

O cinema pode restringir bebida alcoólica e embalagens como latas e garrafas.

Meia entrada

Deve ser concedida a estudantes matriculados em escola pública ou privada, de nível fundamental, médio ou superior; jovens com idade entre 15 e 29 anos e pertencentes à família com renda mensal de até dois salários mínimos; pessoas com deficiência e seu acompanhante; e idosos (pessoas com 60 anos de idade ou mais).

Já conferiu quais são os cinemas mais reclamados, os piores e os melhores segundo os consumidores? Clique aqui e descubra! Ah, se passar por qualquer problema, já sabe: Reclame AQUI!

Fonte: O Globo

Faça um comentário