Votação popular do Prêmio Época Reclame AQUI está aberta

Até 17 de setembro, consumidor pode escolher entre 351 empresas indicadas em 93 categorias

Ricardo Cardoso

Você tem mais uma chance de escolher as empresas que te deram um bom atendimento este ano - ou de não votar naquelas que deixaram a desejar. A desta segunda-feira, dia 7 de agosto, está oficialmente aberto o período eleitoral para a nova edição do Prêmio Época ReclameAqui – As Melhores Empresas para o Consumidor.

São 351 empresas indicadas em 93 categorias de consumo, como turismo, finanças, eletrônicos, bebidas, higiene, PET, bebês etc. Essas empresas foram escolhidas entre as cerca de 80 mil cadastradas no site do Reclame AQUI. Elas foram destacadas por seu bom desempenho nos últimos meses. Isso é fruto das interações que elas tiveram com cerca de 15 milhões de consumidores por mês no site. Agora, essas empresas finalistas serão escolhidas por voto popular.

A eleição vai até a meia-noite do dia 17 de setembro em uma área especial no site do Prêmio Época Reclame AQUI.

Novidades

Entre as novidades do ano estão novas categorias, como entretenimento. Há uma presença maior das montadoras de automóveis e das empresas de tecnologia. “A gente percebeu que as empresas de tecnologia, mesmo disruptivas e revolucionárias, entenderam que o atendimento ao consumidor é importante não só em seus próprios canais digitais”, diz Gisele Paula em entrevista à Época, diretora de relacionamento do Reclame AQUI. “O consumidor brasileiro exige isso”. Ela explica que no início muitas empresas de tecnologia, especialmente as multinacionais, tentam criar apenas sistemas para resolver os problemas em seus próprios aplicativos. Mas que isso não atende os consumidores brasileiros. “O Brasil é diferente dos outros países. O consumidor aqui quer ser atendido por telefone, por e-mail, por chat ou pelo Reclame AQUI”, diz.

O consumidor brasileiro é exigente e ativo. No ano passado, 4,5 milhões de consumidores ajudaram Época e o Reclame AQUI a escolher as melhores. “Para este ano, a expectativa é de superar a marca anterior”, afirma Gisele.

Fonte: Época

Faça um comentário