Projeto sugere que rótulos de bebidas alcoólicas contenham dados calóricos

A matéria segue agora para análise da Comissão de Assuntos Sociais (CAS)

Reprodução

A Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor (CTFC) aprovou o Projeto de Lei do Senado (PLS) 360/2014, do ex-senador Ruben Figueiró, que determina que na rotulagem de cada bebida alcoólica deverão constar dados sobre o valor energético do produto. O objetivo é o combate a obesidade.

Relator da proposta, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) observou que as bebidas alcoólicas contêm um elevado teor calórico, fator preponderante no seu entender para a aprovação da proposta, uma vez que não pára de crescer no país o número de pessoas afetadas por sobrepeso e obesidade.

"Nem todos os consumidores têm ciência de que as bebidas alcoólicas podem conter um alto valor calórico. Um copo grande de vinho pode ter cerca de 200 calorias. Assim, ao ingerir bebidas, o consumidor mais desatento pode não perceber o risco a que está exposto, de sobrepeso e obesidade, porque não é obrigatória a informação do conteúdo energético no rótulo", destacou Jucá em seu voto, lido na comissão pelo senador Dario Berger (PMDB-SC).

A matéria segue agora para a análise da Comissão de Assuntos Sociais (CAS).

No Reclame AQUI: Confira as empresas mais reclamadas e os principais motivos de queixas na categoria de bebidas alcoólicas.

Fonte: Senado Federal

Leia tudo sobre

Leis Projeto de lei

Faça um comentário