O que mudou para viajar de avião com adolescentes

Certidão de Nascimento não é mais aceita como documento para embarque de adolescentes de 12 a 17 anos

Rovena Rosa/Agência Brasil

As novas regras da Agência Nacional de Aviação Civil, Anac, em vigor desde março, ainda geram algumas dúvidas para os consumidores. Uma das regras que tem gerado bastante confusão aos passageiros é a que trata dos documentos para embarque de adolescentes.

Desde 14 de março, a Certidão de Nascimento não é mais aceita como documento para embarque de adolescentes de 12 a 17 anos. O documento continua válido apenas para passageiros até 12 anos incompletos. Para evitar problemas, fique atento à nova regulamentação.

Viu isso? Passageiro é retirado à força de avião por overbooking

 

Voos domésticos (entre 12 e 17 anos)

– Somente documento de identificação civil com foto (como RG ou passaporte), com fé pública e validade em todo o território brasileiro; ou

– Cópia autenticada do documento de identificação civil; ou

– Boletim de Ocorrência, em casos de furto, roubo ou extravio de documento, na validade prevista pelo órgão de segurança.

Atenção: para viagem desacompanhado, consulte a necessidade de autorização pela companhia aérea.

 

Voos internacionais (entre 12 e 17 anos)

– Passaporte válido.

Atenção: consulte o site do Ministério das Relações Exteriores e acesse as informações de cada país para entrada, como a necessidade de visto ou outra documentação aceita/necessária para ingresso no país de destino.

Leia tudo sobre

Aeroportos Anac Turismo

Faça um comentário