Empresas deverão enviar dados dos funcionários antes de visitas técnicas no RJ

Os nomes e números das identidades devem ser mandados por mensagem ou e-mail

Reprodução

Clientes do Rio de Janeiro que agendarem atendimento técnico em residências e estabelecimentos deverão ser informados antecipadamente sobre os dados dos funcionários que irão executar os serviços.

A medida, prevista na Lei 7.574/17, de autoria da deputada Lúcia Helena Pinto de Barros (PSDB), foi sancionada na última terça-feira, dia 15, pelo governador Luiz Fernando Pezão. As empresas têm até 60 dias, a partir da data de publicação, para se adaptar à nova regra.

De acordo com a nova legislação, as prestadoras de serviços deverão enviar uma mensagem de celular informando os nomes e os números dos documentos de identidade dos funcionários que farão a visita, se possível, com foto. Caso o consumidor não possua celular, as informações poderão ser enviadas por e-mail e, se o cliente não possuir correio eletrônico, o funcionário deverá dizer uma "palavra-chave" para que o cliente o identifique e o receba.

Reconheça: 9 práticas abusivas cometidas por serviços e comércios

Segundo deputada Lucinha, o principal objetivo da medida é coibir assaltos e outras práticas criminosas. “É uma forma de o consumidor ter mais controle sobre quem está entrando na sua casa ou sua loja, pois há muitos casos de pessoas que usam uniformes de empresas e concessionárias de serviços para praticarem assaltos e furtos”, declarou.

Fonte: O Globo

Faça um comentário