Consumidores reclamam de demora no serviço de seguradoras

Queixas contra a categoria subiram 36,3% nos cinco primeiros meses do ano

Vera Petrunina/Depositphotos

O Reclame AQUI analisou o comportamento das empresas na categoria seguradoras nos primeiros cinco meses de 2017 e constatou que os consumidores já realizaram 85,5 mil reclamações para o setor, um aumento de 36,3% em relação ao mesmo período do ano passado.

Em dois anos consecutivos, o maior motivo de reclamações foi sobre a demora na execução dos serviços. Em 2016, 19,7% das queixas foram por este motivo, seguido das reclamações por qualidade de serviço prestado (9,3%) e estorno de valor pago (9,1%). Um ano depois, essa parcela de queixas por conta de demora na execução ou andamento do processo aumentou para 25%, seguida de cobrança indevida (10,9%) e cancelamentos de apólice (8,6%).

Veja quais seguradoras atendem bem o consumidor no Reclame AQUI

Em abril deste ano, um consumidor reclamou da burocracia para acionar o seguro contratado do seu celular. “Tive o celular subtraído mediante grave ameaça e fiz boletim de ocorrência. Preenchi os milhões de formulários e enviei todos os documentos solicitados. O pedido foi indeferido”, relata o reclamante da cidade de São Paulo, que ainda recebeu outras mensagens da empresa alegando falta de novos documentos para seguir com o processo. “Já se passaram mais de trinta dias e a seguradora não tem a capacidade de me dar uma resposta definitiva”.

Outro consumidor que teve problemas com a demora em serviços de sua seguradora reclamou, dessa vez, depois que pediu um estorno ao ter seu carro roubado. Assim como o primeiro caso, a burocracia também foi citada. “No mesmo dia que a empresa em questão diz que não pode dar prosseguimento a minha análise, já que não enviei a documentação necessária, sendo que enviei desde o dia 21/12/2016”, disse.

Prêmio Época Reclame AQUI 2017: confira a lista de empresas concorrentes

Leia tudo sobre

Pesquisa

Faça um comentário