Com 4 mil queixas no Reclame AQUI, Hopi Hari pede apoio em tempos de crise

Maior parte das reclamações é sobre brinquedos fechados ou em manutenção

Reprodução

Se você já ficou horas e horas nas filas do Hopi Hari esperando ansiosamente pela adrenalina e diversão das montanhas russas, também deve ter ficado triste com as informações que estão circulando sobre a atual situação do parque.

Atolado em dívidas, com salários dos funcionários atrasados desde fevereiro e sem recebimento de energia por atraso de contas, segundo o jornal O Estado de S. Paulo, o “lugar mais feliz do mundo” passa por uma crise avassaladora.

No Reclame AQUI, o Hopi Hari é uma empresa “Não Recomendada”, e acumula 4.038 reclamações desde 2014. Entre as 142 queixas já feitas de janeiro deste ano até hoje, dia 10, a maior parte se refere às “Atrações quebradas/em manutenção”, “Estorno do valor pago”, “Qualidade do serviço prestado” e “Propaganda enganosa”. Todas as respostas da empresa no site são automáticas, agradecendo o contato do cliente e pedindo que entre em contato através do canal oficial do parque.

“Me senti no The Walking Dead”

Muitos consumidores se queixam sobre o fato de que pouquíssimos brinquedos estão em funcionamento. Um usuário de São Paulo que foi ao Hopi Hari em março desde ano registra em sua queixa que se sentiu no The Walking Dead. “Parque abandonado nada funcionando. Apenas a montanha russa, carrinho bate bate e o chapéu mexicano (brinquedos para adultos). Montanha russa parecia até que ia desmontar. E o pior, o ingresso é cobrado inteiro, como se todos os brinquedos funcionassem”.

Outro consumidor, desta vez do Rio de Janeiro, lamenta a situação do parque depois de presenciar apenas seis brinquedos adultos abertos. “Triste ver atrações como rio bravo com seu leito seco e mato crescendo em volta. A pintura de quase todas as atrações estavam desgastadas e necessitando de reparos, aumentando a impressão de abandono. Para um parque que tem mais de 30 atrações, é uma lástima e falta de respeito ao consumidor”.

#ForçaHopi

Em um comunicado oficial, o presidente do Hopi Hari, José Luiz Abdalla, pede apoio aos internautas. “O MOMENTO É DE CONSTRUIR, NÃO DE DESTRUIR. Estamos tentando reerguer um espaço de felicidade e alegria, onde milhares ou milhões de pessoas têm passado dias de encanto. Conhecemos os problemas e as dificuldades, e não fugimos delas”.

O presidente reconhece que a situação é crítica, mas afirma que estão trabalhando incansavelmente por amor ao parque. “Aos poucos estamos avançando, e apesar das dificuldades nosso parque continua aberto e funcionando, e com todas as garantias para seus visitantes.” Veja o texto na íntegra

Muitos internautas adediram à hashtag #ForçaHopi, lembrando momentos que passaram no parque. “Estamos juntos, sempre! Passei muitos momentos felizes aí. Estou torcendo por vocês!!! #forçaHopi”, escreveu um usuário. 

Leia tudo sobre

Atendimento

Faça um comentário